ARTE CONTEMPORÂNEA

ARTE CONTEMPORÂNEA

A instalação Su pressione de Pedro Cabral Santo, investigador do CIAC e Diretor da Licenciatura em Artes Visuais, esteve em destaque durante o anúncio da Ministra da Cultura,​ Graça Fonseca, nos jardins do Museu Nacional de Arte Antiga (MNAA), perante artistas, curadores e galeristas, sobre o reforço do orçamento para aquisições de obras de arte para a Colecção de Arte Contemporânea do Estado.

De acordo com a porta-voz da comissão de aquisições, Sandra Vieira Jürgens, há, entre as aquisições, obras de artistas consagrados e de jovens artistas, garantindo a representatividade dos autores e dos trabalhos, que passam pela fotografa, escultura, multimédia, instalação, vídeo, entre outras técnicas, processos e linguagens de arte contemporânea.

As aquisições, feitas entre este e o ano anterior, num total de 86 obras, serão objeto de exposição no primeiro semestre de 2021, de forma a coincidir com a tomada de posse da presidência da Comissão Europeia que acontecerá nessa altura.

Notícia completa disponível aqui.