EXPOSIÇÃO

EXPOSIÇÃO

Ana Romana expõe na Galeria Diferença

A investigadora Ana João Romana inaugura, no dia 25 de novembro, pelas 16h, a exposição Sala de Leitura na Galeria Diferença, em Lisboa. Nesta exposição, estão incluídas quatro obras que resultam da investigação realizada nos últimos cinco anos no âmbito do seu projeto de doutoramento, desenvolvido no CIAC, sob orientação de Pedro Cabral Santo, Publicar a Estória/História do Livro de Artista em Portugal. A exposição inclui as obras: If it walks like a duck and it talks like a duck it’s a duck”, livro que reúne uma seleção de possíveis definições de livro de artista escritas entre os anos 1970 e a atualidade; “Estórias do livro de artistacoleção de 29 fascículos bilingues (português/inglês) que contêm entrevistas realizadas pela investigadora, ao longo de 2016, a intervenientes do meio do livro de artista em contexto português: artistas, editores, livreiros, colecionadores, curadores e bibliotecárias; “Manifesto pelo livro – Fragmentos de um discurso amoroso”manifesto publicado em paralelo com os fascículos, contém fragmentos das entrevistas. Este manifesto é uma exposição escrita sobre o amor dos artistas, editores e livreiros ao livro e, finalmente, “Sala de Leitura”, instalação organizada por capítulos que contém os livros de artista da coleção de Ana Romana, dos artistas e editores que serviram como estudo de caso ao longo do doutoramento.
A exposição, que conta com o apoio da Fundação Calouste Gulbenkian, estará patente até ao dia 22 de dezembro de 2017, de segunda a sexta-feira entre as 14h e as 19h e sábado entre as 15h e as 20h.