PROJETO

PROJETO

Investigadores do CIAC integram a equipa do projeto CADERT, financiado pelo Governo de Espanha

Os membros do CIAC Sandra Boto e Pedro Ferré (este último na qualidade de investigador responsável, juntamente com Jesús Antonio Cid, da Universidad Complutense de Madrid) fazem parte da equipa de filólogos que, nos próximos dois anos, desenvolverão o projeto CADERT – Catalogación, Digitalización y Edición del Romancero Tradicional de las Lenguas Hispánicas. Romances épicos e históricos de referente hispánico y francés, a convite da Fundación Menéndez Pidal, de Madrid.

Este projeto, cuja candidatura foi recentemente aprovada para financiamento pelo Ministerio de Economía y Competitividad de Espanha, pretende impulsionar a renovação dos estudos sobre o romanceiro tradicional através de uma ação de descrição, catalogação e digitalização do núcleo documental do romanceiro carolíngio que pertence ao importante legado de Ramón Menéndez Pidal e de María Goyri, que se encontra depositado na mencionada fundação. Estes documentos integrarão, por seu turno, a Biblioteca Digital de la Fundación Menéndez Pidal.

Outro objetivo do CADERT é prosseguir o monumental esforço editorial iniciado ainda em vida de Ramón Menéndez Pidal, prometendo a publicação de mais três volumes da obra Romancero tradicional de las lenguas hispánicas, dedicados aos seguintes temas: Romancero del Rey D. Pedro, Romancero fronterizo de la época de los Trastámara y Romancero fronterizo de la época de los Reyes Católicos.

Na verdade, estes investigadores do CIAC detêm já experiência na área da filologia digital. Sob a sua responsabilidade, encontra-se em fase de conclusão um projeto de recuperação, digitalização e disponibilização da plataforma do Arquivo do Romanceiro Português da Tradição Oral Moderna, financiado maioritariamente pela Fundação Calouste Gulbenkian, projeto sediado na Fundação Manuel Viegas Guerreiro, em Querença, e que contou com a participação de Mirian Tavares e com o acolhimento do CIAC.