INÊS MARIA VEIGA GUERRA SANTOS

INÊS MARIA VEIGA GUERRA SANTOS

Email: iguerra@ismai.pt

Ciência ID: 291E-20F2-3DD9

ORCID: 0000-0002-4952-2227

Breve CV: Licenciada em Relações Internacionais pela Universidade do Minho (1994), Mestre em Estudos Económicos e Sociais pela mesma Universidade (1997) e Doutorada pela Universidade de Salamanca (2009) exerce funções docentes no Instituto Universitário da Maia como Professora Auxiliar no Departamento de Ciências da Comunicação e Tecnologias da Informação. Docente e investigadora do Instituto Universitário da Maia. Foi também cofundadora e Diretora (durante dez anos) do Gabinete de Projetos e de Relações Internacionais do referido Instituto. Participa, em várias ocasiões, como docente/formadora, em atividades da Universidade de Salamanca. É ainda Coordenadora da Licenciatura em Relações Públicas e membro do Conselho Científico do ISMAI.

Integra diferentes Projetos de Investigação a nível nacional e internacional, em colaboração com vários Centros de Investigação e Entidades Públicas e Privadas. É investigadora integrada no CITEI/CIAC. Possui diversas publicações e organizou vários encontros Científicos Internacionais, dos quais se destacam Congressos, mesas redondas e exposições científicas (de cariz internacional).

A sua atividade científica tem recaído sobre a área das Ciências da Comunicação com destaque para a Comunicação em Saúde. A este nível é de salientar o facto de ser membro do Grupo Hispanoluso de investigación en Historia de la Polio, Postpolio y Enfermedades Marginadas (a que pertencem investigadores da Universidade de Salamanca, Léon ou Coimbra) apoiado em diferentes momentos pelo Governo Espanhol, a Junta de Castilla e León, a FCT e o próprio ISMAI/CITEI. Este grupo foi considerado, em 2019, um Grupo de Investigação Reconhecido (GIR) e integra a Rede Iberoamericana de Investigación en Historia de la Poliomielitis y el Síndrome Post-Polio, constituída por investigadores de Argentina, Brasil, Colombia, Perú, Cuba, Panamá e México.

Importa ainda salientar o seu papel, como membro de vários projetos internos desenvolvidos pelo CELCC (atual CITEI) quer como investigadora principal quer como membro da equipa de investigação, seja ao nível das cidades inteligentes seja da cultura da Cultura da celebridade: construção e consumo da imagem de figuras públicas.

De entre as suas publicações mais recentes destacam-se capítulos de livros internacionais afetos a editoras de reconhecido prestígio e artigos em revistas científicas indexadas.

Algumas publicações :

Guerra Santos, I., Borges, F., Padrão, J.; Tavares, Joana I. (2020). “The teaching of public relations in HEI: a comparative study”. In Regional and Sectorial Economic Studies. RSES 20 (1). No prelo

Guerra Santos, I., Borges, F. Padrão, J., Tavares, J. e Padrão, Maria H. (2017). “Smart Cities, Smart Tourism? The Case of the City of Porto”. In Revista Galega de Economía. Vol 26-2 (2017), pp. 130-142.

Padrão, Maria H., Guerra Santos, I., Marnoto, S. e Padrão, R. (2014). “Social Representations: International Students in Portugal. Perceptions of the host country depending on their country of origin”. In Regional and Sectoral Economic Studies, vol. 14-1 (2014), pp. 69-80.

Sánchez. J. A. e Guerra, I. (2015).” Una enfermedad lejana: la información sobre poliomielitis y síndrome post-polio en la prensa hispanolusa, 1995-2009”. In História. Ciência. saúde-Manguinhos. vol.22 no.3. jul./set. 2015, 9805-1005. DOI. 10.1590/S0104-59702015000300019

Sánchez. J. A. e Guerra, I. (2015). “Denial, Oblivion and new fears: Poliomyelitis and the post-Polio Syndrome in the Spanish and Portuguese press (1995-2009)”. In Hygiea Internationalis. 2015 11(1), pp. 93-129.

Padrão, Maria H., Guerra Santos, I., Padrão, J. e Isidro, J. (2014). “Portuguese Diaspora: life stories/Documentaries”. In Mediterranean Journal of Social Sciences. Rome: MCSER Publishing, vol. 5, nº 22, pp. 533-539. DOI:10.5901/mjss.2014.v5n22, pp533 – ISSN 2039-2117 (ONLINE) ISSN 2039-9340

Padrão, Maria H., Guerra Santos, I., Padrão, Reinaldo e Oliveira,C. (2012). “Erasmus students in Portugal : the perception and impact of the international crisis”. In Estudios Económicos regionales y sectoriales, 12 (2),pp. 133-148.

Padrão, Maria H., Padrão, R.; Oliveira, Maria J., Marnoto, S. e Guerra Santos, I. (2011.) The face of immigration in the north of Portugal”. In Regional and sectorial economic studies. Vol. 11-2, pp. 73-82.

Guerra Santos, I., Rodríguez Sánchez, Juan A., Martins Pinto, S., Pita, João R. e Pereira, Ana L. (2016). Información, educación y responsabilidad: estrategias de vacunación contra la polio en Portugal y España. In Porras Gallo, M., Báguena Cervellera, M., Ayarzagüena Sanz e Martín Espinosa M. N. (coords), La erradicación y el control de las enfermedades infecciosas , (pp. 187-207). Espanha: Catarata.

Ballester, R., Rodriguez-Sánchez, Juan A. e Guerra Santos, I. (2013). “El movimiento asociativo: una perspetiva internacional, nacional y los casos de Madrid, Valencia e Castilla”. In Porras Gallo, Maria I., Ayarzagüena Sanz, M., Heras Salord, J. e Baguena Cervellera, Maria J. (orgs), El drama de la Polio (pp. 233-259), Espanha: Catarata.

Guerra Santos, I. (2010). A Poliomielite em Portugal: o “Refúgio da Paralisia Infantil” In Nascimento, D. (org.), A História da Polio (pp.177-195). Rio de Janeiro: Garamond.

NOTÍCIAS

PUBLICAÇÕES