SANDRA BOTO

SANDRA BOTO

Email: scboto@ualg.pt

Breve CV:  Sandra Boto é licenciada em Línguas e Literaturas Modernas – variante de Estudos Portugueses pela Universidade do Algarve. Em 2012 doutorou-se em Línguas, Literaturas e Culturas – Estudos Literários pela Universidade Nova de Lisboa, com a tese As Fontes do Romanceiro de Almeida Garrett. Uma Proposta de Edição Crítica. A sua investigação de doutoramento foi desenvolvida com o apoio de uma bolsa concedida pela Fundação para a Ciência e Tecnologia. Atualmente, desenvolve o projeto de pós-doutoramento O Romanceiro de Almeida Garrett. A edição crítica integral em formato digital, acolhido pelo Centro de Literatura Portuguesa da Universidade de Coimbra e pelo Centro de Investigação em Artes e Comunicação da Universidade do Algarve, também com bolsa atribuída pela Fundação para a Ciência e Tecnologia. É membro do CIAC (Universidade do Algarve) e do CLP (Universidade de Coimbra). É responsável científica do projeto Romanceiro.pt, acolhido pelo CIAC. Ensinou na Universidad de Huelva, na Universidade do Algarve e na Universitat Autònoma de Barcelona, onde dirigiu o Centro de Língua Portuguesa do Instituto Camões. Da sua experiência docente, destaca-se o ensino de Português para Estrangeiros e de Literatura Espanhola.

Interesses de investigação:  Apresenta muito regularmente o produto da sua investigação em encontros científicos nacionais e internacionais. Foi participante convidada com bolsa atribuída no workshop “Code and Collation” organizado pelo projeto “DIXIT – Digital Scholarly Editions Initial Training Network” financiado pelo Programa Marie Curie (Amesterdão, novembro de 2016). É membro do Conselho Executivo do CIAC – Centro de Investigação em Artes e Comunicação. Foi a coordenadora geral do V Congresso Internacional do Romanceiro, que teve lugar na Universidade de Coimbra, a 22, 23 e 24 de junho de 2017 (organizado pelo Centro de Literatura Portuguesa e pela Biblioteca Geral da Universidade de Coimbra em parceria com a Fundación Ramón Menéndez Pidal).

Publicações mais recentes:

Tavares, M. e Boto, S. (coord.) (2018). Digital Culture – A State of the Art. Coimbra, Grácio.

Boto, Sandra. (2018). A filologia digital em discussão: o caso da edição do Romanceiro de Almeida Garrett in Mirian Tavares e Sandra Boto (coords.), Digital Culture – a State of the Art,  “Humanitas” do CIAC, Coimbra: Grácio Editor, 2018, pp. 17-34.

Boto, Sandra. (2018). Nos vértices do triângulo: Carolina Michaëlis de Vasconcellos (Ramón Menéndez Pidal) e María Goyri através da correspondência in Dimitri Almeida, Vanda Anastácio, María Dolores Martos Pérez (eds.), Mulheres em Rede / Mujeres en red. “LIT ibéricas”, Münster: LIT Verlag, 2018, pp. 242-272.

Boto, Sandra (2017). Recensão crítica a Isabel David Cardigos e Paulo Jorge Correia (2015). Catálogo dos Contos Tradicionais Portugueses (com as versões análogas dos países lusófonos), Revista Memoriamedia nº 1, Art. 8. [url: http://review.memoriamedia.net/index.php/critical-review-on-catalogue-of-portuguese-traditional-folktales]

Boto, Sandra (2017). O subsídio de José Pedro Martins Barata para a divulgação do romanceiro português In José Pedro Martins Barata, Nordeste Alentejano – Etnografia, Literatura, Oralidades, Arqueologia e História–Montalvão, Póvoa e Meadas e Castelo de Vide (org. de Ana Maria Paiva Morão), Lisboa, Edições Colibri / Associação Cultural de Montalvão Vamos à Vila, pp. XXVII-XXXII.

Boto, Sandra (2016). Para a História da edição do romanceiro no Algarve: protagonistas, textos, suportes e uma falsa questão, Promontoria Monográfica História do Algarve 03. Apontamentos para a História das Culturas de Escrita: da Idade do Ferro à Era Digital, Dez./2016, pp. 313-334.

NOTÍCIAS

PUBLICAÇÕES